Postagens

Mostrando postagens de 2017

CATECISMO DE SÃO PIO X | Sacramentos - Extrema Unção dos Enfermos

Imagem
CAPÍTULO VII - Da Extrema-Unção



01) Que é o Sacramento da Extrema-Unção?
R: A Extrema-Unção é o Sacramento instituído para alívio espiritual e também temporal dos enfermos em perigo de vida.


02) Que efeitos produz o Sacramento da Extrema-Unção?
R: O Sacramento da Extrema-Unção produz os seguintes efeitos:
1º aumenta a graça santificante;
2º apaga os pecados veniais e também os mortais que o enfermo arrependido já não
possa confessar;
3º tira a fraqueza e languidez para o bem, que fica, ainda depois de se ter alcançado
o perdão dos pecados;
4º dá força para suportar pacientemente o mal, para resistir às tentações, e para
morrer santamente;
5º ajuda a recuperar a saúde do corpo, se isso for útil à salvação da alma.


03) Em que tempo se deve receber a Extrema-Unção?
R: A Extrema-Unção deve receber-se quando a doença é grave, e, se puder ser, depois de o enfermo ter recebido os Sacramentos da Penitência e da Eucaristia; e deve procurar-se que o enfermo a receba quando está ainda com plena consciência e …

CATECISMO DE SÃO PIO X | Sacramentos - Matrimônio

Imagem
CAPÍTULO IX - Do Matrimônio


§ 1º - Natureza do Sacramento do Matrimônio

01) Que é o Sacramento do Matrimônio?
R: O Matrimônio é um Sacramento instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, que estabelece uma união santa e indissolúvel entre o homem e a mulher, e lhes dá a graça de se amarem um ao outro santamente, e de educarem cristãmente seus filhos.


02) Por quem foi instituído o Matrimônio?
R: O Matrimônio foi instituído pelo próprio Deus no Paraíso terrestre; e no Novo Testamento foi elevado por Jesus Cristo à dignidade de Sacramento.


03) Tem o Sacramento do Matrimônio alguma significação especial?
R: O Sacramento do Matrimônio significa a união indissolúvel de Jesus Cristo com a Santa Igreja, sua esposa e nossa Mãe amantíssima.


04) Por que se diz que o vínculo do Matrimônio é indissolúvel?
R: Diz-se que o vínculo do Matrimônio é indissolúvel, isto é, que não se pode quebrar senão pela morte de um dos cônjuges, porque assim o estabeleceu Deus desde o começo, e assim o proclamou solenemente Jesu…

CATECISMO DE SÃO PIO X | Sacramentos - Ordem

Imagem
CAPÍTULO VIII - Da Ordem



01) Que é o Sacramento da Ordem?
R: A Ordem é o Sacramento que dá o poder de exercitar os ministérios sagrados que se referem ao culto de Deus e à salvação das almas, e que imprime na alma de quem o recebe o caráter de ministro de Deus.


02) Por que se chama Ordem?
R: Chama-se Ordem porque consiste em vários graus, uns subordinados aos outros,
dos quais resulta a sagrada Hierarquia.


03) Quais são estes graus?
R: Supremo entre eles é o Episcopado, que contém a plenitude do Sacerdócio; em seguida o Presbiterado ou Sacerdócio simples; depois o Diaconado e as Ordens que se chamam menores.


04) Quando Jesus Cristo instituiu a Ordem Sacerdotal?
R: Jesus Cristo instituiu a Ordem Sacerdotal na Última Ceia, quando conferiu aos Apóstolos e aos seus sucessores o poder de consagrar a Santíssima Eucaristia. E no dia da sua ressurreição conferiu aos mesmos o poder de perdoar e de reter os pecados, constituindo os assim os primeiros Sacerdotes da Nova Lei em toda a plenitude do seu pod…

CATECISMO DE SÃO PIO X | Sacramentos - Penitência - parte 3

§ 7o - Do modo de se confessar

01) Como vos apresentareis ao confessor?
R: Ponho-me de joelhos aos pés do confessor, e digo: Abençoai-me, Padre, porque pequei.
02) Que fareis enquanto o confessor vos der a bênção?
R: Inclino-me humildemente para receber a bênção, e faço o sinal da Cruz.
03) Depois de feito o sinal da Cruz, que direis?
R: Depois de feito o sinal da Cruz, direi: Eu me confesso a Deus todo-poderoso, à bem-aventurada sempre Virgem Maria, a todos os Santos, e a vós, Padre, porque pequei.
04) E depois, que direis?
R: Depois direi: Confessei-me em tal tempo; por graça de Deus recebi a absolvição, cumpri a penitência, e fui à Comunhão. Em seguida faz-se a acusação dos pecados.
05) Terminada a acusação dos pecados, que direis?
R: Direi: Acuso-me ainda de todos os pecados da vida passada, especialmente contra tal ou tal virtude, por exemplo, contra a pureza, contra o quarto Mandamento, etc.

06) Depois desta acusação, que direis ainda? R: Direi: De todos estes pecados e de todos aqu…

CATECISMO DE SÃO PIO X | Sacramentos - Penitência - parte 2

§ 4o - Da dor ou arrependimento
 1) Que é a dor dos pecados?
R: A dor dos pecados consiste num desgosto e numa detestação sincera da ofensa feita a Deus.
2) De quantas espécies é a dor?
R: A dor é de duas espécies: perfeita ou de contrição; imperfeita ou de atrição.
3) Que é a dor perfeita ou de contrição?
R: A dor perfeita é o desgosto de ter ofendido a Deus, porque Deus é infinitamente bom e digno, por Si mesmo, de ser amado sobre todas as coisas.
4) Por que se chama perfeita a dor de contrição?
R: Chama-se perfeita a dor de contrição por duas razões:
1º porque se refere exclusivamente à bondade de Deus, e não ao nosso proveito ou prejuízo;
2º porque nos faz alcançar imediatamente o perdão dos pecados, ficando-nos porém a obrigação de nos confessarmos.
5) Então a dor perfeita alcança-nos o perdão dos pecados independentemente da
confissão?
R: A dor perfeita não nos alcança o perdão dos pecados independentemente da confissão, porque sempre inclui a vontade de se confessar.
6) Por que a dor…

CATECISMO DE SÃO PIO X | Sacramentos - Penitência _ parte I

CAPÍTULO VI - Da Penitência § 1o- Da Penitência em geral


1) Que é o Sacramento da Penitência?
R: A Penitência, chamada também Confissão, é o Sacramento instituído por Jesus Cristo para perdoar os pecados cometidos depois do Batismo.

2) Por que se dá a este Sacramento o nome de Penitência?
R: Dá-se a este Sacramento o nome de Penitência, porque, para obter o perdão dos pecados, é necessário detestá-los com arrependimento e porque quem cometeu uma falta deve sujeitar-se à pena que o Sacerdote impõe.

3) Por que este Sacramento se chama também Confissão?
R: Chama-se este Sacramento também Confissão, porque, para alcançar o perdão dos pecados, não basta detestá-los, mas é necessário acusar-se deles ao Sacerdote, isto é, confessá-los.

4) Quando Jesus Cristo instituiu o Sacramento da Penitência?
R: Jesus Cristo instituiu o Sacramento da Penitência no dia da sua Ressurreição, quando, depois de entrar no cenáculo, deu solenemente aos seus Apóstolos o poder de perdoar os pecados.

5) Como deu Jes…

CATECISMO DE SÃO PIO X | Sacramentos - Santíssima Eucaristia - Parte 2

CAPÍTULO V
Do Santo Sacrifício da Missa


§ 1º- Da essência, da instituição e dos fins do Santo Sacrifício da Missa


1) Deve considerar-se a Eucaristia só como Sacramento?
R: A Eucaristia não é somente um Sacramento; é também o sacrifício permanente da Nova Lei, que Jesus Cristo deixou à Igreja, para ser oferecido a Deus pelas mãos dos seus sacerdotes.


2) Em que consiste em geral o sacrifício?
R: O sacrifício, em geral, consiste em oferecer a Deus uma coisa sensível, e destruí-la de alguma maneira, para reconhecer o supremo domínio que Ele tem sobre nós e sobre
todas as coisas.


3) Como se chama este sacrifício da Nova Lei?
R: Este sacrifício da Nova Lei chama-se a santa Missa.


4) Que é então a santa Missa?
R: A santa Missa é o sacrifício do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo, oferecido sobre os nossos altares, debaixo das espécies de pão e de vinho, em memória do sacrifício da Cruz.


5) É o Sacrifício da Missa o mesmo que o da Cruz?
R: O Sacrifício da Missa é substancialmente o mesmo que o…

CATECISMO DE SÃO PIO X | Sacramentos - Santíssima Eucaristia - Parte 1

Imagem
CAPÍTULO IV
Da Santíssima Eucaristia

§1º - Da natureza da Santíssima Eucaristia e da presença real de Jesus Cristo neste Sacramento

1) Que é o Sacramento da Eucaristia?
R: A Eucaristia é um Sacramento que, pela admirável conversão de toda a substância do pão no Corpo de Jesus Cristo, e de toda a substância do vinho no seu precioso Sangue, contém verdadeira, real e substancialmente o Corpo, Sangue, Alma e Divindade do mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor, debaixo das espécies de pão e de vinho, para ser nosso alimento, espiritual.


2) Está na Eucaristia o mesmo Jesus Cristo que está no Céu e que nasceu, na terra, da Santíssima Virgem?
R: Sim, na Eucaristia está verdadeiramente o mesmo Jesus Cristo que está no Céu e
que nasceu, na terra, da Santíssima Virgem Maria.


3) Por que acreditais que no Sacramento da Eucaristia está verdadeiramente Jesus Cristo?
R: Eu acredito que no Sacramento da Eucaristia está verdadeiramente presente Jesus Cristo, porque Ele mesmo o disse, e assim no-lo ensina a Santa Igrej…