Sobre a Modéstia - pergunta 5 - Final.

5. "Não existem normas oficiais da Igreja a respeito de Modéstia e padrões das vestimentas? Se não existe então eu posso usar calça e qualquer tipo de roupas?"

Resposta: Não podemos dizer que existam leis que obriguem alguém a usar determinada roupa, e que, no caso de descumprimento, a meliante deveria ir para a cadeia. Porém, dizer que não existem orientações concretamente mais objetivas não estaria correto. 

Veja, por exemplo, a instrução do Vigário Geral do Papa Pio XI

“Recordamos que um vestido não pode ser chamado de decente se é cortado mais que a largura de dois dedos sob a cova da garganta, se não cobre os braços pelo menos até os cotovelos, e se mal chega até um pouco abaixo dos joelhos. Além disso, os vestidos de materiais transparentes são impróprios…" 

Já o Papa Pio XII disse: "Sempre há uma norma absoluta a ser preservada, não importa quão amplos e mutáveis possam ser os costumes morais de então."; e também: "A Moda varia conforme épocas, mas não deve oferecer ocasião próxima de pecado". 

Considerando, sobretudo, estas frases do papa Pio XII, entendemos que o uso de biquínis, calças, mini-saias, decotes e vestidos justos mostram-se inadequados tanto para o século passado quanto para o atual, pois oferecem, SIM, ocasião próxima - e em alguns casos, alarmante - de pecado. 

Muitas pessoas interessam-se em saber com precisão como deveriam ser suas roupas para que, de modo objetivo, pudessem se vestir modestamente. Quando, entretanto, se expõem as instruções acima mencionadas, normalmente aparecem pessoas para se contraporem, exaltando uma espécie de “modéstia relativista”, na qual cada um decide o que é ou não modesto. Por vezes, estas pessoas, por não estarem dispostas a seguirem as orientações, fazem zombarias dos verdadeiros apostolados de modéstia chamando-os de “seitas da fita métrica”, mas não param para pensar que existe um propósito nestas recomendações e que elas não foram inventadas por nós, mas que partiram de alguém com autoridade na Igreja. 

Quantas zombarias já foram feitas porque os verdadeiros apostolados da modéstia repetem que as saias devem ir, no mínimo, abaixo dos joelhos? O problema é que não somente o Cardeal Basilio Pompili, mas também São Pio de Pietrelcina, grande santo, exigia saias abaixo do joelho, e não escutava confissões de mulheres usando roupas imodestas. Assim estava escrito na porta da igreja: 

“Por desejo explícito do Padre Pio, a mulher deve entrar no confessionário vestindo saias PELO MENOS VINTE centímetros abaixo do joelho. É proibido emprestar um vestido longo na igreja para usá-los para a confissão”. 

Desta forma, quando se zomba dos parâmetros objetivos para o uso de roupas modestas, ataca-se, antes, a quem os disse inicialmente, o que se inclui um santo sacerdote. 

Lembrando mais uma vez que, antes de apoiar a moda atual, desprezando os escritos dos Santos sobre o assunto, é bom ler o que disse o saudoso Papa Pio XII:

“As vestes devem ser avaliadas não segundo a estimação de uma sociedade em decadência, mas segundo as aspirações de uma sociedade que preza pela dignidade e pela seriedade dos costumes.” (Papa Pio XII) 

Dom Leonardo Maria Pompei no seu escrito “Modéstia e Pudor - Um discurso a se fazer”, observa que vivemos em tempos neo-pagãos e alerta que devemos ter consciência de que nossa situação é semelhante à vivida pelos cristãos nos três primeiros séculos, incentivando-nos a “nadar contra a corrente” ao descrever o que ocorreu no passado:

“Naqueles tempos, imperava uma altíssima imoralidade nos costumes, tanto na parte ocidental do Império Romano quanto no Oriente, na Grécia e na área adjacente a ela, pátria e berço do pensamento ocidental. Neste contexto, os cristãos impuseram, pelo exemplo e com o sacrifício de muitas vidas, um estilo de vida e costumes diametralmente opostos.” 

Assim, fica mais uma vez evidenciado que não temos que nos preocupar em nos adequar à cultura e sociedade neo-pagã na qual estamos inseridos, mas, pelo contrário, devemos resgatar a moral e as virtudes que têm sido desprezadas. 

Uma vez que as orientações dadas pelos papas no passado ainda servem até hoje, querer adequar-se a uma sociedade decadente e não seguir as instruções que vêm da Igreja, é assinar atestado de derrota e submissão servil aos inimigos dela, aceitando, em contrapartida, as imposições das modas imodestas.

Fonte:
http://floresdamodestia.blogspot.com.br/2014/03/cinco-perguntas-e-respostas-frequentes.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[...] não deixes por isso de abraçar estreitamente sua santa cruz. - São Padre Pio de Pietrelcina.

Perguntas 12ª Artigo do CREDO | Creio na Vida Eterna, amém. | Catecismo de São Pio X

A Busca da Verdade

Conhecer, Amar e Servir a Deus!

Dos Mandamentos que se referem a Deus - Do segundo Mandamento da Lei de Deus | CATECISMO SÃO PIO X