O desejo de ver Te adorado!

O zêlo da Tua casa devorou-me (Salmo 68, 10 e João 2, 17). †

“O desejo de ver-Te adorado tanto invade meu coração, eu quisera estar noite e dia aos Teus pés em humilde oração. Assim me sinto Senhor todas as vezes que vou a Tua casa encontrar-Te.”

Sinto-me devorado Senhor, todas as vezes que vou à Tua casa, um local que deveria ser silêncio e contemplação, não em alguns momentos, mas continuamente.

Santo Agostinho em suas reflexões assim escreve, muito ponderadamente: “Também é consumido pelo zelo da casa de Deus aquele que se esforça por emendar tudo de mau que nela encontra, e se não puder emendá-lo, tolera-o, mas se aflige (...).” Como é aflitivo ver nossas Igrejas, que antes eram IGREJAS, um templo, um local de oração, de encontro com nosso Senhor Jesus Cristo, serem transmutadas em local de convívio, e terem seus nomes modificados para Comunidades, uma unidade comum, mas nossas Igrejas Católicas estão longe de prover uma unidade comum com nosso próximo, nossas Igrejas devem prover um ambiente propício a adoração de Nosso Senhor, uma verdadeira contemplação do céu, mas como me aflijo! †

Eu quisera Senhor, estar noite e dia aos Teus pés em humilde oração, e pedir aos membros de nossas Igrejas Católicas que compreendam o profundo significado de estar na Igreja, que mantenham aquele mesmo espírito que os Apóstolos de Nosso Senhor Jesus Cristo mantiveram quando depois da ressurreição, um respeito religioso pelo sagrado.†

Se um simples pecador se aflige diante de tal cenário, quão não se afligirá nosso Senhor Jesus Cristo † ao ver se profanado em todos os roubos de sacrários que temos observado. Hóstias consagradas † sendo profanadas, derrubadas no chão, pisoteadas, debochas, roubadas. Nossas imagens de devoção sendo cuspidas, quebradas, desrespeitadas, mas fora a profanação física que agora nos atinge, quantas profanações espirituais.

Um jovem, de cerca de seus 10 anos, ao notar o barulho que um grupo de católicos fazia dentro de uma Igreja durante a Santa Missa, voltou-se para sua mãe e afirmou: São pagãos mãe! - Oh Senhor! Não permita nunca que percamos o sentido das Tuas coisas sagradas.

Aqui, o Catecismo do Papa João Paulo II afirma: 2691 - A igreja, casa de Deus, é o lugar próprio da oração litúrgica para a comunidade paroquial. É também o lugar privilegiado para a adoração da presença real de Cristo no Santíssimo Sacramento † (...). Com que frequência vamos a casa de Deus para nos colocar na presença de Deus e buscar adorá-lo?

Aflijo-me ainda, ao ver as paredes dos Salões de nossas Igrejas completamente nuas, sem qualquer imagem, sem qualquer lembrete de que aquele é um lugar sagrado, dedicado à Nosso Senhor. Não posso me surpreender se nesses ambientes totalmente desnudados da presença de objetos sagrados, impere o mal. É importante revestir nossas igrejas de objetos santos e sagrados para que nos lembremos com frequência do qual sagrado deve ser estar ali. Sobretudo que estejam revestidas da Cruz de nosso Senhor Jesus Cristo †, o norte para onde deve volver-se o cristão.

Este é o desejo profundo expresso na musica que iniciei o texto, um profundo desejo em ver Nosso Senhor Jesus adorado, desejo que inicia por fora, no comportamento e no corpo físico (em silencio, de joelhos, com postura comedida) e que vai sendo internalizada até chegar no coração. Encerro este texto com uma admoestação de São João Maria Escrivá:

"Lembro-me de como as pessoas se preparavam para comungar: havia esmero em arrumar bem a alma e o corpo. As melhores roupas, o cabelo bem penteado, o corpo fisicamente limpo, talvez até com um pouco de perfume. Eram delicadezas próprias de gente enamorada, de almas finas e retas, que sabiam pagar Amor com amor. (...) Quando na terra se recebem autoridades, preparam-se luzes, música e vestes de gala. Para hospedarmos Jesus Cristo em nossa alma, de que maneira não devemos nos preparar?” (São José Maria Escrivá – “Homilias sobre a Eucaristia”, Ed. Quadrante).

O desejo de ver-Te adorado... †

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[...] não deixes por isso de abraçar estreitamente sua santa cruz. - São Padre Pio de Pietrelcina.

Perguntas 12ª Artigo do CREDO | Creio na Vida Eterna, amém. | Catecismo de São Pio X

A Busca da Verdade

Conhecer, Amar e Servir a Deus!

Perguntas 8° Artigo do CREDO | Catecismo de São Pio X