Encontro do Dia 13/07/2013

Encontro do dia 13/07/2013

Tema: A Família, morada de Deus


O encontro iniciou com oração inicial como de costume, sendo a oração dirigida as relações de família.

Cantos e Louvores

Foram entoados dois cantos de louvor. Um deles dedicado ao Espirito Santo de Deus.
Aproveitamos esse momento para nos acalmar e nos concentrar no amor precioso de nosso Deus.

A Dinâmica

Fomos divididos em três grupos menores e agrupados por sala para facilitar a dinâmica.
Cada grupo e cada sala receber recebeu uma torre formada de bloquinhos para que pudesse iniciar a dinâmica. 

No grupo em que eu estava, cada pessoa foi convidada a retirar um bloco da torre e a dizer uma palavra proporcional à desconstrução da torre que ali estava. E assim foi feito. A pessoa que derrubasse mais que uma, deveria dizer palavras adicionais.

E assim foi sendo feito. Um por um os jovens tiraram da torre até que ela fosse totalmente desfeita.
Com o objetivo básico de ilustrar a ruína da família, as palavras estavam sempre relacionadas a aspectos negativos que destroem as relações em família: Drogas, problemas financeiros, bebida, adultério, fofocas, intrigas, etc.

Dos três grupos formados, eu soube depois que, dois deles tinham como objetivo desconstruir as torres, no entanto, um grupo foi chamado a construir a torre e para isso, as palavras proferidas deveriam ser de situações ou palavras que constroem as relações em familia e não que destroem.

Me parece que em um dos grupos as palavras e discussões se acirram, muito conveniente para entendermos melhor as relações em família.


Conclusão da Dinâmica:


O grupo que preparou o encontro hoje, conclui pela dinâmica que aquelas coisas que destroem nossa família estão diretamente relacionadas com as coisas que nos afastam de Deus. Na construção da nossa familia devemos utilizar de paciência, amor, fé, carinho, etc.


Retornamos à sala e o encontro continuou. agora com a leitura e reflexão da palavra.


Momento da reflexão e leituras

Um texto  com a definição de família foi apresentado:
"Designa-se por família o conjunto de pessoas que possuem grau de parentesco entre si e vivem na mesma casa formando um lar. Uma família é formada pelo pai e mãe, unidos por matrimônio, e por um ou mais filhos, compondo uma família nuclear ou elementar".

A família é o Lugar de Deus, é onde Deus mora ou deveria morar:


Leitura de Efésios 6, 1-3

Filhos, obedecei a vossos pais segundo o Senhor; porque isto é justo. O primeiro mandamento acompanhado de uma promessa é: Honra teu pai e tua mãe, para que sejas feliz e tenhas longa vida sobre a terra (Dt 5,16)

Honra teu pai e tua mãe para que sejas feliz e tenhas longa vida sobre a terra. Segundo São Paulo, esse é o primeiro mandamento acompanhado de uma promessa. Ou seja, façam isso para que sejam felizes e tenham longa vida.
Obedecer aos país e honra-los. 
Este é o segredo para a felicidade e para a vida longa.

 De acordo com o grupo, a leitura apresenta a maneira como deve-se conduzir para falar lidar com a família.

Certa vez, vi o Frei Stan Fortuna do Estados Unidos dizer que a sabedoria dos mandamentos da Lei de Deus estava em dizer Honrar e não amar.
Isso muda toda nossa relação com o mandamento e torna ele possível de ser alcançado. 
Imagine uma criança que foi fruto de um estupro, ou que foi atirada em uma lata do lixo quando era pequena, essa criança estaria impedida de AMAR seu pai ou sua mãe pois para ela, seria impossível amar alguém que não conhece ou que cometeu com ela tal ato de crueldade (atirar em uma lata de lixo).

Mas o mandamento não nos pede para amar nossos pais, pede para honra-los, e este pequeno detalhe coloca o mandamento em um outro nível. Nós, como filhos, temos a obrigação de honrar nossos pais e com isso, quer se dizer, independente do pai e da mãe que temos devemos ser pessoas honradas, dignas e de caráter e com nossa vida justa nossos pais serão honrados. 


Leitura do livro de Provérbios 13, 24
 24 Quem poupa a vara odeia seu filho; quem o ama, castiga-o na hora precisa.
e

Leitura do livro de Provérbios 29, 15
15 Vara e correção dão a sabedoria; menino abandonado à sua vontade se torna a vergonha da mãe.



Os textos falam de castigo e de correção. Brincadeiras a parte, a conclusão foi que ainda que na biblia a menção da palavra seja da aplicação de um castigo de certa forma, entendemos que o que se busca com o castigo é que o filho compreenda que está sendo castigado para o próprio bem e que é necessário a ele tal correção para que possa ser feliz, para que possa se tornar uma pessoa melhor.

Foi citado o exemplo do Michael Kyle do seriado Eu, a Patroa e as crianças. Ali se observa um modelo de familia muito interessante, formada com um Pai, Mãe e filhos. Uma família americana que por anos viveu as mais diversas situações do desenrolar do seriado e que conseguiu se manter unida até o fim da série. 

São poucos seriados nos quais se pode ver um reflexo de família como esse. O grupo expressou:

"Eles tem um jeito meio louco de viver, mas pelo menos ele vivem juntos em união."
DEDIQUE UM MOMENTO PARA ADORAR A DEUS. ELE ESTÁ TE ESPERANDO.


Participe da Promoção Digno de Louvor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[...] não deixes por isso de abraçar estreitamente sua santa cruz. - São Padre Pio de Pietrelcina.

Perguntas 12ª Artigo do CREDO | Creio na Vida Eterna, amém. | Catecismo de São Pio X

A Busca da Verdade

Conhecer, Amar e Servir a Deus!

Dos Mandamentos que se referem a Deus - Do segundo Mandamento da Lei de Deus | CATECISMO SÃO PIO X